326
  • Lu Horta - #DontBeSilent

    683 views 7 months ago
    #DontBeSilent - 2016

    This is the second version of my song called "Don't Be Silent" (2012). I composed this song to support the International Day for the Elimination of Violence against Women (November 25th). Since then, my daughter born and I decided to record it again with a brand new arrangement an including new names. For those who do not know, around 2011 the cover of my first album "Lu Horta - 2003", which has a photo of my face clicked by the photographer Inaê Coutinho, was used as a symbol of the campaign for non-violence against women without my Authorization and also not from Inaê. Since then, and through this song, I decided to officially "express" my support for this campaign.
    In this new version, I had the privilege of having wonderful singers and musicians.

    Vocals: Lu Horta, Mairah Rocha, Helô Ribeiro, Tais Balieiro e Kika
    Acc Guitar: Lu Horta
    Guitar, bass and keyboards: Meno Del Picchia
    Drums: Loco Sosa
    Recorded in November 2016 at Loco Sosa's Noise Factory - SP
    Audio recording engineering and mixing: Loco Sosa
    Audio Mastering: Felipe Tichauer - Red Traxx Mastering
    Cameras: Loco Sosa e Felipe Horta
    Directed by Loco Sosa

    Thanks to all the people who have been involved in this cause since the first version I made of this song, they are:
    Betta Vidmar, Suzana Moraes, Inaê Coutinho, Nelson Barbosa Jr, Neusa Franzoi, Rosângela, Marília Zalaf and Prof. Waldyr; Bezinha, Nani, Tatiana Mehler, Fernando Horta, Bruno Bonaventure, Jesus Sanchez and all friends of Sound Design studio; Zé Nigro, the "Canto das Manas": Sil, Dani, Ana, Ró, Beta, Bezinha, Veronica, Jocimara and Gabi; Maria Lucia, Pati, Nina Cavalcanti, Gianni Puzzo, Meno Del Picchia, Mairah Rocha, Heloiza Ribeiro, Tais Balieiro , Kika and especially Loco Sosa - Marcelo Effori.
    Finally I thank all the women in my family, all my friends, all these names that are mentioned in the two versions of this song and many others that are in my heart.
    All of them, every day, please: do not shut up!
    For Laura. Show less
    Read more
  • #NaoSeCale Play all

    My music supporting the International Day for the Elimination of Violence against Women.

    We released two versions: 2012 and 2016. Different moods and different names :)

    Share it, if you like.
    This item has been hidden
  • Lu Horta & Loco Sosa - live! Play all

    Me and Loco performing alive at Loco Sosa's Noise Factory. Stay tuned and enjoy some songs of our set list! Cheers ;-)
    This item has been hidden
  • A Noiva da Cidade Play all

    A Noiva da Cidade é uma moça com o vestido rasgado, a maquiagem borrada, um sapato perdido, descabelada. E ela atravessa a cidade procurando o seu buquê. Afinal, primeiro as flores sempre, depois a loucura.

    Numa cidade, o fluxo sempre sofre um desvio, a atenção fica diluída e a gente facilmente se dispersa. É como viver num carrossel. A capacidade de manter o foco é testada a cada segundo, as escolhas devem ser feitas rapidamente. E são tantas opções. Viver deve ter a ver com essa capacidade de fazer escolhas rápidas e certas, essa presença. De tanto querer tudo, o risco é ficar vazio e sem nada.

    Neste momento eu estou fazendo uma escolha: estou gravando meu terceiro álbum em parceria com Marcelo Effori, o Loco Sosa, no nosso estúdio Noise Factory. Vamos ter a participação de vários músicos brilhantes que a gente ama e admira. Cada canção, uma estação, um lugar.
    Difícil saber quem a gente é...os amigos servem de espelho.

    Minha voz tem sido o instrumento mais tangível que possuo. Através dela eu venho construindo uma ponte de comunicação comigo mesma e com o mundo. Com a música eu existo no que eu considero o melhor de mim, onde crio e vislumbro, onde sou livre. Livre de mim, inclusive.
    A Noiva da Cidade é mais uma etapa na construção dessa ponte, desse sonho.

    A cada nova canção, a narrativa da A Noiva da Cidade será revelada através de imagens e sons disponibilizados uma vez por mês na web. Já estamos no terceiro mês dessa gestação que começou em julho. Temos 3 faixas/clipes no ar!!!
    Vocês podem acompanhar esta trajetória de oito canções pelos meus canais. Os links estão todos aqui. Comuniquem-se, e vamos conversando.

    ————————--

    A Noiva Da Cidade (The Bride of the Town) is a girl in a ripped dress, messed up make up, one of her shoes lost, her hair in disarray. She crosses the city looking for her bouquet and her soul. Flowers first, always, along with the madness.

    The flow always suffers a detour in the city, your attention is dispersed and we easily get distracted. It's like living in a carrousel. The capacity to focus is tested each second and the choices must be done quickly. There are many things to be chosen from. Life must have to do with this capacity of making the right choices fast and be present. From the desire to have (and choose) too much we risk staying empty and having nothing.

    I am making a choice at this moment: I am recording my third cd with my partner Marcelo Effori-Loco Sosa, here in our studio, Noise Factory. We count with the collaboration of many brilliant musicians we love and admire. Each song, one station, one place. It's hard to know who we are, our friends serve as our reflected image.

    The music and my voice have always been the most tangible tool I have and through them I have been constructing a bridge of communication between myself and the world. With music I exist in what I consider my best, where I create, dream, where I am free. Free of myself as well. A Noiva da Cidade is one more step for the elevation of this bridge, this dream.

    Once a month, each song will build this narrative that will reveal A Noiva da Cidade through images and music.
    You will be able to follow A Noiva da Cidade through my web channels. All the links are here, let's communicate and talk.

    http://luhorta.com/blog
    This item has been hidden
  • Popular uploads Play all

    This item has been hidden
  • Lu Horta Play all

    Lu Horta's videos
    This item has been hidden
  • Paraíso Eu (2009) Play all

    Produzido por Bruno Bonaventure
    Colaboração: Lu Horta
    Gravado entre janeiro de 2007 e abril de 2008 no estúdio Sound Design, São Paulo.
    Guitarras por João Erbetta no Monga Records, Washington-Nova York.
    Mixado por Jesus Sanches e Rique Campello, Sound Design – SP
    Masterizado por Gustavo Lenza no estúdio YB – SP, maio de 2008
    Moisés Santana gentilmente cedido por Lua Music
    Foto: Lu Horta
    Encarte: Fernando Horta
    Capa: Dani Luppi

    No meu paraíso existem quatro gatinhos, uma coleção de borboletas e canções; Algumas melodias deslizam por esconderijos secretos. Existem pêlos de gatos por todos os lados. E um exército de borboletas na minha barriga todas as vezes que eu morro de paixão ou de vergonha, de medo ou de alegria sem nenhuma explicação. Lá vou eu descabelada e com o peito rasgado de amor, carregando essa dor de felicidade que não tem remédio. “Aqui é o paraíso hoje, Paraíso Eu.”

    Agradeço a minha vida cantante!
    E sigo agradecendo:
    Ao Bruno Bonaventure pelo seu impressionante talento, paciência e idéias brilhantes dedicadas a este trabalho.
    Rique Campello e Jesus Sanches, os heróis da mixagem! Muchas gracias pela impecabilidade de suas orelhas biônicas e refinamento estético.
    Queridos todos do estúdio Sound Design: Caru, Carla, Mattoli, Pélico e Toni, que bom ter vocês por perto!
    Aos músicos e compositores Gustavo Lenza, Thomas Rohrer, Du Moreira, Pedro Ito, Gabriel Levy, Patricia Gatti, Edu Pedrasse, Zé Nigro, Edu de Paulo, João Erbetta , Moisés Santana, Sérgio Villaça, Marcelo Effori, Edu Marin, Helô Ribeiro, Bruno Buarque ,Luciano Pessoa, Leandro Bomfim, Vitor Ramil, Arnaldo Antunes, Ricardo Breim, Jean Boechat e Moisés Santana
    …obrigada a todos pelas obras e preciosa mão-de-obra!
    Cida Gonçalves e sua maravilhosa produção da Casa do Batuque…um privilégio!
    Maria Lúcia Guiguer, o que seria de mim se você não estivesse do meu lado durante todo esse processo? Salve a sua luz!
    Querida e amada família Barbatuques obrigada a todos os guerreiros pelo tanto que vocês me ensinam a ser forte “matando no peito, estalo e palma”.
    Luciana Brando, Felipe Bruno, Priscila, Bruna…como descrever aquela balada inesquecível em plena madrugada chuvosa no centro de SP? Agradeço pelas minhas horas de diva, com figurino “Carlos Miele” e jóias “Pedro Brando”!
    Inaê Coutinho, minha flor, as melhores fotos são sempre suas…I love you!
    Abissal, Tição, Tarzan, Jojô e Zumzum… Nosso dialeto é sagrado.
    Edinho, Dani Luppi, Guillaume de Rémusat, Fepa, Maria Emília, Fernando Horta, Mauricio Martinazzo, Cia Abacirco…agradeço a todos pela força sempre!
    Aos meus pais Hilda e Francisco e a toda minha família um beijo cheio de amor e gratidão!
    Com profunda admiração eu dedico este trabalho a Iris.
    This item has been hidden
  • Lu Horta (2004) Play all

    My first album from 2004

    Ficha Técnica e Produção Geral
    Faixas 3, 5, 8 e 12 gravadas em janeiro de 2000 nos estúdios Baticum/SP e Sound Design/SP. Produzidas por Rô Fonseca, Marcelo Effori e Lu Horta. Técnico de gravação (Baticum): Diogo. Edição e mixagem: Rô Fonseca e Marcelo Effori.
    Faixas 1, 2, 4, 6, 7, 9, 10, 11, 13 e 14 gravadas no decorrer de 2001 até julho de 2002 nos estúdios Cajaiba/SP.
    Produção: Marcelo Effori e Lu Horta.
    Gravação, edição e mixagem: Marcelo Effori.
    Todos os arranjos são coletivos.
    Masterizado por Sérgio Villaça em agosto de 2002.
    Fotos: Inaê Coutinho
    Projeto Gráfico: André Hosoi, Aritanã Dantas e Inaê Coutinho. www.luhorta.com
    luhorta@luhorta.com
    Agradecimentos:
    Arnaldo Antunes, Sérgio Britto, Chico César, Pedro Luís, Vicente Barreto, Luís Nassif, Péricles Cavalcanti, Caetano Veloso, Sérgio Vilaça, Bruno Bona e Sound Design Produções, Pedro Macedo, Edu Pedrasse, Rô Fonseca e Baticum Produções, Inaê Coutinho, Ari (Não sabemos o nome completo do Ari), Ilana Volcov, Lu Cestari, Mairah Rocha, Lincoln Rollim, Patrícia Horta Lemos e a Cia. Abacirco, Íris Lemos, Pedro Junqueira, Amy Roth, Bebel, Mayra e Lucas Onuchic, Grupo Barbatuques, os “Legítimas” (André Hosoi, Buja e Sérgio Reze), Renato Epstein, José Nigro, Meire Rueda, Maria Rita Palmeira, Roger Effori, Alessandra Effori e Vila Rica Produções, Marcelo Pretto, Paulo Dias , Dona Mazé e Lucia, João Erbetta, Luiz Gonzaga da Cunha, Fernando Travi e meus amigos essênios, meu mestre Maurício

    Martinazzo, Carmem M. Monteiro e o Centro Tomatis, meus alunos, “Congelados Dona Hilda”, “Pão de Queijo Chico Mineiro”, minha família e em especial Marcelo “Loco” Effori pelo apoio, dedicação e talento sem os quais este trabalho não existiria.
    This item has been hidden
to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...