30,534
  • ORGULHO - SEVEN #02

    4,315 views 1 year ago
    Nossa sociedade costuma inverter as coisas e transformar pecado em virtude. E se tem um pecado capital que foi brutalmente maquiado e, dessa forma, aceito pelo ser humano, é o pecado do ORGULHO. Bem-vindo à série SEVEN, produzida e editada pelo site Bibotalk.com.

    Dizem que o pecado capital por excelência é o orgulho, afinal, foi ele que transformou um anjo de Deus em Diabo. Orgulho é “uma presunção irracional de superioridade”, uma exaltação arrogante das qualidades de si mesmo.

    Orgulho é pecado porque coloca o amor a si mesmo na frente do amor a Deus e ao próximo. O orgulhoso, ensimesmado, diz que o que tem, na verdade, é autoestima, não orgulho. Está tão cheio de si que não enxerga nada além do seu reflexo. Ele entende que precisa se amar para, então, amar a outrem. Não percebe que o ser humano caído não pode produzir amor a partir de si, pois dele só jorra egoísmo, vaidade, altivez e morte.

    O orgulho é tão diabólico e sedutor, que ele não ataca nossos defeitos ou pontos fracos, ele exalta nossas qualidades e pontos fortes e nos faz acreditar que somos realmente pessoas boas e autossuficientes.

    Como saber se sou orgulhoso? Responda a essas perguntas: como você se sente quando é desprezado ou não recebe a atenção que julga merecer? Quando alguém é promovido em seu lugar, qual a sensação?

    Estamos sempre procurando superação e sermos o número um. Nessa luta desenfreada pelo sucesso, orgulhosos se trombam nos corredores da vida e dois bicudos não se beijam. Orgulhosos são competidores, não sentem prazer no possuir, mas no possuir mais do que o outro. É na comparação que nosso orgulho se manifesta e se alimenta. Nada satisfaz mais do que estar acima dos outros. Orgulhosos se relacionam por interesse, objetificam pessoas e personalizam metas.

    O orgulho não derrubou apenas Satanás do céu; às margens do rio Eufrates, Adão e Eva também gritaram por independência. E o que é a independência se não uma tentativa de autossuficiência? E como pode a criatura querer viver independente do seu Criador?
    O orgulhoso não enxerga Deus, pois está sempre olhando para baixo. E quando alguém se diz cristão e visivelmente é movido pelo orgulho, diz-se que ele serve a um deus imaginário. Um deus à sua imagem e semelhança, que aprova todos os seus comportamentos.

    A cura para o orgulho é o autoesquecimento. O carregar diário da cruz e a busca pela humildade, que nos torna servos e esquecíveis.
    “Então completem minha alegria concordando sinceramente uns com os outros, amando-se mutuamente e trabalhando juntos com a mesma forma de pensar e um só propósito. Não sejam egoístas, nem tentem impressionar ninguém. Sejam humildes e considerem os outros mais importantes que vocês.” Filipenses 2.2-3 NVT – Nova Versão Transformadora.

    ------------
    Edição: Leonardo Oliveira
    https://vimeo.com/leonardoo... Show less
    Read more
  • BTVlog Play all

    Bibo, Mac, Alex e Milho levando teologia até os confins da web.
    This item has been hidden
  • VAMOS LER Play all

    This item has been hidden
  • BTPapo Play all

    Bate papo express com teologia rápida e precisa.
    This item has been hidden
  • Luther2Go Play all

    Teologia Luterana fácil e descomplicada
    This item has been hidden
  • POPSIDE Play all

    No PopSide tentamos tirar algumas reflexões da cultura pop!
    This item has been hidden
  • MINUTO TEOLÓGICO Play all

    This item has been hidden
  • Solus Bibus Play all

    Só o Bibo dando seus pitacos sobre teologia e cultura!
    This item has been hidden
  • Popular uploads Play all

    This item has been hidden
  • This item has been hidden
to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...