146
  • Projeto Governança Corporativa da Cadeira Produtiva Sucroenergética

    696 views 3 years ago
    Conheça os fundamentos e os objetivos deste grupo de ações que conta com o apoio da Força Sindical (Trabalhadores) , da Orplana – Organização dos Plantadores de Cana da Região Centro-Sul (Fornecedores de cana); da Única – União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Usinas do Centro-Sul) e do CEISE Br – Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis (Indústria de base, máquinas e equipamentos agrícolas, insumos, serviços e tecnologia).

    O projeto, que também conta com os apoios das cooperativas Coplacana (sede em Piracicaba), Copercana (sede em Sertãozinho) e Coopercitrus (sede em Bebedouro) apoiou e organizou o ato de protesto público promovido em Sertãozinho no último dia 27 de janeiro que reuniu cerca de 20 mil pessoas. O vídeo marca a estreia das campanhas do projeto nas redes sociais (Facebook, Twitter e Youtube) e foi produzido pela RGB Comunicação.

    Também o apoio para a formação da ‘Frente dos Governadores dos Estados Produtores de Cana-de-Açúcar’ inclui o rol de ações do projeto que já está organizando a ‘Marcha à Brasília’ com o objetivo de levar para a Capital Federal pelo menos 30 mil manifestantes.
    E promoverá debates e eventos para discutir junto com os empresários, produtores e trabalhadores os desafios e as estratégias para o setor canavieiro enfrentar as dificuldades criadas com o preço do barril de petróleo abaixo dos US$ 50. Especialistas renomados discutirão e apontarão para a melhoria da eficiência, da produtividade e gestão agrícola, industrial, logística e de serviços.

    Mesmo antes da primeira ação do projeto, o governo saiu do imobilismo que começou no início do segundo mandato do presidente Lula e que se agravou no primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, anunciando o aumento da Cide (que tornou o preço do etanol mais competitivo) e o aumento da mistura de etanol anidro à gasolina de 25% para 27% (que significa um novo mercado de 1 bilhão de litros/ano de etanol.

    Nesta última segunda-feira (9) a ministra da Agricultura Kátia Abreu, anunciou que o governo prepara três leilões de biomassa a partir de abril (leilão de fontes alternativas). O primeiro leilão será em 24 de abril com geração de energia programada para começar a partir de janeiro de 2016. O segundo, chamado de A5, será em 30 de abril com geração a partir de janeiro de 2020. O terceiro leilão será em 24 de julho, com geração para janeiro de 2018.

    Produção
    RGB Comunicação
    www.rgbcomunicacao.com.br
    www.brasilagro.com.br

    Roteiro
    Ronaldo Knack e Rubens Galvani

    Edição
    Ricardo Galvani

    Locução
    Moacir Dario Thomazinho (Moa)

    Filmagens
    Ricardo Galvani
    Danilo Saltarelli
    Antonio Carlos da Silva (Gú)
    Edson Fordinho
    Newiston Clariano Show less
    Read more
  • Uploads Play all

    This item has been hidden
  • Institucionais Play all

    This item has been hidden
  • Vídeo Feira Play all

    This item has been hidden
  • Comerciais Play all

    This item has been hidden
to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...