Loading...

NRP Corte Real captura 8 Piratas somalis

235,188 views

Loading...

Loading...

Transcript

The interactive transcript could not be loaded.

Loading...

Loading...

Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.
Published on Jun 25, 2009

A fragata "Corte-Real" impediu um ataque de piratas a um navio mercante, respondendo a um
pedido de socorro do navio "Maersk Phoenix", de Singapura, que se encontrava a cerca de quatro
milhas.
A fragata portuguesa recebeu o pedido de socorro às 9h15 (7h15 em Lisboa) e o comandante
António Alexandre colocou toda a guarnição de alerta, motores e turbinas ao máximo (a 30 nós)
e aproximou-se da skiff, que ainda tentou fugir.
Em minutos, o "NRP Corte-Real" aproximou-se da skiff,e perante a tentativa de fuga da pequena
embarcação houve disparos, primeiro para o ar e depois para a proa.
Após alguns minutos de tiro real, os piratas desistiram da fuga, desligando os motores e
colocaram as mãos no ar.
Uma equipa de fuzileiros, com um oficial de vistoria, num semi-rígido abordaram então o sfiff
dos piratas somalis, que não ofereceram resistência.
Da embarcação pirata foram retirados quatro armas kalachnikov Ak47, um lança-granadas (RPG),
três granadas e duas barras de explosivos, 26 recipientes com combustível. No interior da
skiff estavam ainda duas grandes escadas em metal, com cerca de seis metros, prova das
intenções daqueles homens em atacar um navio.
A quando do pedido de ajuda do navio mercante "Maersk Phoenix" a "Corte-Real", estava a fazer
escolta a um navio paquistanês, o "Bolan", dirigindo-se de imediato para o local de skiff já
enquanto o navio de guerra turco "TCP Gaziantep " ficou a escoltar os dois navios, o que seria
a vítima do ataque dos piratas, o "Maersk Phoenix", e o "Bolan".

Loading...

When autoplay is enabled, a suggested video will automatically play next.

Up next


to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...