Upload

Loading...

"LiftDerma": Não Compre LiftDerma Sem Ver Este Video!

262,367 views

Loading...

Loading...

Loading...

Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.
Published on Sep 6, 2013

LiftDerma é o rejuvenescedor natural do momento.
Compre com segurança em: http://suplemento.pw/liftderma

Entra ano, sai ano, e as novidades em tratamentos estéticos para combater o envelhecimento não param de surgir. Aparelhos importados de última geração, estímulo de colágeno, renovação celular, peelings hi-tech, enfim, não falta opção. No entanto, em meio a tanta tecnologia, a aplicação de toxina botulínica A -- popularmente chamada de liftderma, o que na verdade é a marca da primeira toxina que chegou ao Brasil e acabou batizando o procedimento entre os leigos -- feita por meio de uma simples injeção, ainda é a campeã dos procedimentos em consultórios dermatológicos e de cirurgia plástica, quando o objetivo é combater rugas. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia em 2011, 43% dos procedimentos estéticos feitos para amenizar rugas foram aplicação de toxina botulínica, os 57% restantes correspondem a outros cinco métodos com a mesma finalidade. Isso prova que o liftderma liderou sozinho quase metade dos tratamentos.

"Mesmo com tantas opções de alta tecnologia, a toxina botulínica ainda é a mais indicada para tratar rugas, pois é um método que possui um efeito que nenhum outro possui, ele atua no músculo. Essa ação é muito eficiente. De cada dez tratamentos que faço, para tratar rugas, sete ou oito são aplicação da toxina", confirma a dermatologista carioca Daniela Nunes, membro das Sociedades Brasileiras de Dermatologia e Laser em Medicina. "E acontece uma coisa curiosa: alguns pacientes chegam ao consultório com medo, mas depois de entender como é aplicado, quais são os benefícios e o tempo de duração, resolvem experimentar e a maioria volta para novas aplicações", conta Daniela. "Esse procedimento vicia, fico acompanhando meu rosto todos os dias para ver se já é hora de aplicar a toxina novamente. A diferença é enorme, com liftderma tenho a sensação de que meu rosto fica firme, esticadinho. Inclusive eu tinha medo, mas as picadas são suportáveis", conta a designer gráfica Rose Bocchino, 37 anos, de Belo Horizonte.

1) Eficácia e mecanismos de ação
A ação da toxina botulínica é eficaz para amenizar rugas dinâmicas, aquelas provocadas por vícios de expressão, que aparecem quando os músculos da face estão em movimento, e também as rugas estáticas, que aparecem mesmo quando o rosto está parado. Porém, diferentemente do que muita gente pensa, o liftderma não atua na flacidez da pele. "A toxina botulínica é injetada no músculo e sua ação é paralisar o movimento muscular. Ao evitar essa movimentação, ela impede a contração muscular, que é o que forma a ruga", resume a dermatologista Daniela Nunes, do Rio de Janeiro.

2) liftderma e outros procedimentos
"Não há nenhum tratamento que se compare ao efeito da toxina botulínica, no que diz respeito a disfarçar rugas. Os outros métodos são importantes, estimulam colágeno e a renovação celular, mas eles complementam a ação da toxina e vice-versa. Porém nenhum outro atua no músculo", ressalta Daniela Nunes. Outra vantagem do liftderma sobre os demais procedimentos anti-sinais é a ação preventiva. "Por paralisar rugas dinâmicas, tem alto poder de prevenir o aparecimento de novas marcas da idade e a piora das já instaladas, pois retarda o tempo que esses sinais de expressão levariam para se tornar uma ruga estática, que é bem mais difícil de tratar", acrescenta a dermatologista Mônica Aribi, de São Paulo, que fez sua dissertação de mestrado sobre a toxina botulínica.

3) Contra-indicação
Não pode fazer uso da toxina botulínica as gestantes, mães que amamentam, pessoas com doenças autoimunes (em que anticorpos atacam células sadias do corpo), doenças neurológicas e que afetam os músculos; alérgicos à proteína do ovo e que estejam fazendo uso de medicamentos com aminoglicosídeo.

4) Riscos e desvantagens
"Entre os maiores riscos da toxina botulínica está o exagero na dosagem e a aplicação em regiões erradas, que pode resultar em assimetria, isto é, um lado ficar diferente do outro, pálpebra caída e em casos mais extremos, pode provocar botulismo, uma doença grave que paralisa os músculos", resume o cirurgião plástico Fausto Viterbo, professor da Faculdade de Medicina de Botucatu (SP), da Universidade Estadual Paulista (Unesp). "Quando mal aplicado provoca aquele efeito máscara, que não é natural e nenhuma mulher quer. Do ponto de vista da saúde também pode prejudicar movimentos necessários para a sobrevivência como piscar, mastigar, deglutir e até respirar", completa Mônica Aribi.

Loading...

When autoplay is enabled, a suggested video will automatically play next.

Up next


to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...