Loading...

Para a Minha Irmã, Jodi Picoult - Civilização Editora

21,974 views

Loading...

Loading...

Transcript

The interactive transcript could not be loaded.

Loading...

Loading...

Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.
Uploaded on Aug 11, 2009

Os Fitzgerald são uma família como tantas outras e têm dois filhos, Jesse e Kate. Quando
Kate chega aos dois anos de idade é-lhe diagnosticada uma forma grave de leucemia. Os
pais resolvem então ter outro bebé, Anna, geneticamente seleccionada para ser uma
dadora perfeitamente compatível para a irmã. Desde o nascimento até à adolescência,
Anna tem de sofrer inúmeros tratamentos médicos, invasivos e perigosos, para fornecer
sangue, medula óssea e outros tecidos para salvar a vida da irmã mais velha. Toda a
família sofre com a doença de Kate. Agora, ela precisa de um rim e Anna resolve
instaurar um processo legal para requerer a emancipação médica ela quer ter direito a
tomar decisões sobre o seu próprio corpo.
Sara, a mãe, é advogada e resolve representar a filha mais velha neste julgamento. Em
Para a Minha Irmã muitas questões complexas são levantadas: Anna tem obrigação de
arriscar a própria vida para salvar a irmã? Os pais têm o direito de tomar decisões quanto
ao papel de dadora de Anna? Conseguimos distinguir a ténue fronteira entre o que é legal
e o que é ético nesta situação? A narrativa muda de personagem para personagem de
modo que o leitor pode escutar as vozes dos diferentes membros da família, assim como
do advogado e da tutora ad litem, destacada pelo tribunal para representar Anna.

Loading...

When autoplay is enabled, a suggested video will automatically play next.

Up next


to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...