Loading...

Repentistas Caju & Castanha quando crianças

677,365 views

Loading...

Loading...

Transcript

The interactive transcript could not be loaded.

Loading...

Loading...

Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.
Uploaded on Nov 24, 2007

Trecho do documentário "Nordeste: Cordel, Repente E Canção (produção de Tânia Quaresma, 1975)" onde mostra uma apresentação dos repentistas Caju & Castanha ainda crianças. Este vídeo tem apenas a intenção de divulgação dos artistas e mostrar umas das artes do nordeste: o Repente.

Em 1975 era lançado o filme e o disco de Tânia Quaresma NORDESTE -- CORDEL, REPENTE E CANÇÃO com participação de vários artistas nordestinos como o rabequeiro cearense CEGO OLIVEIRA e o então desconhecido roqueiro ZÉ RAMALHO DA PARAÍBA (que interpretava Zé Limeira, o poeta do absurdo). A partir do lançamento desta Coletânea de cordéis e repentes com vários poetas populares lançada pela Tapecar, considerado um ítem raro entre colecionadores, o romanceiro popular nordestino passou a influenciar a carreira de muitos artistas, dentre eles o próprio ZÉ RAMALHO. Faixas do disco já foram reaproveitadas em trabalhos de Alceu Valença, Lenine, Alcimar Monteiro, Adauto Oliveira e muitos outros.

Leia a seguir trechos da apresentação elaborada por TÂNIA QUARESMA:

"É difícil resumir em poucas laudas o que foi ouvido e vivido no nordeste, durante a preparação deste disco - um tempo enorme de emoções e trabalho. De quinze horas de gravação, selecionamos 40 minutos de música do povo.
Este Lp traz para o nosso mundo urbano, vasto mundo do povo sertanejo os versos de zé limeira(poeta do absurdo) revividos na voz de zé ramalho, a aboliçãoda escravatura recontada em improviso de josé pedro pontual, a "canonização" do lendário padre cícero, a chegada de lampião ao céu, toadas de vaquejada.
O trabalho aqui apresentado foi a primeira etapa de um trabalho de pesquisa que se completará com o filme sobre "literatura de cordel". Achar e entender o simples foi difícil. Mais complicado ainda foi dominar os impulsos de enfeitá-lo. A tentativa foi feita e o resultado está aí."
(Tânia Quaresma, diretora do filme Nordeste : cordel, repente e canção, 1975)

  • Category

  • License

    • Standard YouTube License

Loading...

When autoplay is enabled, a suggested video will automatically play next.

Up next


to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...