Loading...

Smoke On The Water Live @ Coliseu dos Recreios - Lisboa 14/07/2010

2,303 views

Loading...

Loading...

Loading...

Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.
Published on Jul 15, 2010

A paixão não se explica, é irracional, acontece. Há bandas que por muito que saibamos que o seu pico criativo já se desvaneceu no tempo, continuamos a amá-las e a escutá-las como se estivéssemos nesse longínquo passado. Os Deep Purple são um desses casos. O encontro com a banda no Coliseu dos Recreios estava marcado para as 21.30 h e foi precisamente nesse preciso momento que começaram a soar na sala os primeiros acordes de Highway Star, faixa dessa obra-prima do hard rock, de seu nome Machine Head. A este álbum fantástico regressariam mais 5 vezes ao longo da noite.
Durante as cerca de duas horas de actuação da banda na sala lisboeta, próxima da lotação completa, desfilaram os momentos musicais mais significativos de toda a história dos Purple. O público na sua maioria com uma média de idades elevada (a densidade de cabelos brancos e a falta dele era elevada) tinha a noção de que este concerto não seria propriamente um Maiden In Japan, disco mítico que muitos (eu incluído) fizeram passar milhares de vezes pela agulha do gira-discos as espiras deste sublime vinil. É também certo que Jon Lord e Ritchie Blackmore que fizeram parte da formação com mais sucesso (a denominada Mark II) há muito que deixaram a banda, mas Steve Morse e Don Airey fizeram esquecer por momentos estes dois Purple. Confesso que estes pormenores em nada afectaram a química vivida entre o público presente na sala e a banda.
A empatia evidente entre os elementos da banda e o público foi perfeita, ouvindo-se em uníssono o refrão de muitas músicas da banda (Smoke on the water, Perfect Stangers, Black Night, ...) pelo público presente na sala. Quero destacar a agradável surpresa que foi a actuação do Guitarrista Steve Morse e do senhor dos teclados, Don Airey. É de salientar que os músicos traziam ensaiadas algumas palavras em português que serviram para comunicar com a plateia e surpresa das surpresas, Don Airey presenteou o público durante o seu solo com um "Cheira bem, cheira a Lisboa". A reter para memória futura.
No fundo o rock é isto: boas músicas, guitarras, solos, riffs e emoções que resultaram de vivencias entrecruzadas com um dado momento do percurso musical da banda.

Set list: 1. Highway Star; 2. Things I Never Said; 3. Strange Kind Of Woman; 4. Maybe I,m In Leo; 5. Rapture Of The Deep; 6. Fireball; 7. Contact Lost; 8. When a Blind Man Cries; 9. The Well Dressed Guitar (Steve Morse solo); 10. Mary Long; 11. Don Airey Solo; 12. Lazy; 13. No One Came; 14. Don Airey Solo; 15. Perfect Strangers; 16. Space Trucking; 17. Smoke On The Water;
Encore: Speed King; Hush (Billy Joe Royal cover); Roger Glover solo; Black Night.

Band line up: Ian Gillan (Voz; Harmónica; Tamborim); Steve Morse (Guitarra); Roger Glover (Baixo); Don Airey (Teclados); Ian Paice (Bateria)



Strange Kind of Band!!!

  • Category

  • License

    • Standard YouTube License

Loading...

When autoplay is enabled, a suggested video will automatically play next.

Up next


to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...