Loading...

euronews business planet - O capital de risco é menos arriscado?

139 views

Loading...

Loading...

Loading...

Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.
Published on May 4, 2012

http://pt.euronews.com/ Nesta edição de Business Planet, fomos até Copenhaga para debater o tema do capital de risco.

Trata-se de uma alternativa às formas tradicionais de financiamento, canalizando fundos que permitem às empresas avançar para diferentes etapas, alavancando a atividade. Viemos conhecer um exemplo concreto na Dinamarca: uma PME que fundiu este sistema com fundos europeus, e que veio a assumir um papel-chave no seu setor.

Inovar, desenvolver e comercializar suplementos alimentares requer investimentos particularmente significativos.

A Fluxome iniciou atividade em Copenhaga, em 2002. A primeira tranche de capital de risco, composta por 6 milhões de euros, uma parte dos quais fundos europeus, permitiu que, três anos mais tarde, introduzissem um novo produto no mercado.

O capital de risco refere-se, então, ao dinheiro que é investido nas PME, muitas vezes em áreas inovadoras, durante as primeiras fases de desenvolvimento, o que possibilitou a expansão desta empresa dinamarquesa.




Durante os últimos dez anos, o mecanismo transitou cerca de 23 milhões de euros que permitiram a projeção internacional desta sociedade, sobretudo nos Estados Unidos, onde o produto pioneiro está a ser avaliado pelos trinta maiores grupos de suplementos alimentares.




A União Europeia, através do Fundo Europeu de Investimento, disponibiliza capitais para fundos privados que os aplicam, posteriormente, em PME. É um sistema que acarreta alguma falta de controlo no processo. Mas tem funcionado e tornou-se indispensável para muitas empresas.




A Fluxome ainda se encontra em fase de desenvolvimento, estando a estudar a introdução de dois novos produtos no mercado. Neste momento, a nova direção executiva tem como objetivo arranjar 14 milhões de euros, sob a forma, uma vez mais, de capital de risco.

Sigam-nos:
No YouTube: http://bit.ly/zYBTAR
No Facebook: http://www.facebook.com/euronews.fans
No Twitter: http://twitter.com/euronewspt

Loading...

to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...