Loading...

Música: Cavalo Zaino - Canções da Terra

2,029 views

Loading...

Loading...

Loading...

Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.
Uploaded on Jan 11, 2012

"Canções da Terra" nasceu do idealismo e da tenacidade de um grupo de estudantes do Instituto Teológico de Santa Catarina - ITESC.

Vê-se que nossa juventude, embora polarizada predominantemente para o futuro, não quer ser uma geração sem memória. Daí o carinho com que foram coligidos esses cantos que na sua diversidade, retratam a índole dos diversos grupos étnicos que formam a gente catarinense.

Reside aqui o mérito principal da presente coletânea. Nela se fazem presentes as vozes das culturas minoritárias, tantas vezes sufocadas pela cultura dominante. Essas canções nos fazem, assim, sintonizar com a alma popular.

O canto é um fator de integração e libertação. Quem canta, deve, até certo ponto, esquecer-se de si para fazer coro com seus semelhantes, numa sinfonia de vozes que lembra à humanidade dividida, sua vocação original para a harmonia e a comunhão. Os momentos dedicados ao canto são expressão de jovialidade e de gratuidade, irmãs gêmeas da esperança.
(Pe. Paulo Bratti)

Cavalo Zaino, interpretado pela família de Júlio Böing, em casa, no dia de Natal de 2011.
Também está disponível em HD, o que melhora a qualidade para ser visualizado em tela cheia. Aproveite!
Confira outras músicas de mesmo gênero neste mesmo canal.
O vídeo acompanha letra, mas que também segue abaixo:

1. Tenho um cavalo Zaino,
que na raia é corredor.
Já correu quinze carreiras,
todas quinze ele ganhou.
Eu solto na "quadra e meia",
meu Zaino vem no galope.
Chega três corpos na frente,
nunca precisa chicote.
Ai, que cavalo bom.
Ai, que cavalo bom.

2. Tenho um cavalo Zaino,
que na raia é corredor.
Já correu quinze carreiras,
todas quinze ele ganhou.
Quiseram comprar meu Zaino
por trinta notas de cem.
Não há dinheiro que pague
o Zaino que eu quero bem.
Ai, que cavalo bom.
Ai, que cavalo bom.

3. Tenho um cavalo Zaino,
que na raia é corredor.
Já correu quinze carreiras,
todas quinze ele ganhou.
Um dia roubaram meu Zaino,
fiquei sem meu parieiro.
Meu Zaino na mão de outro,
nunca mais chega primeiro.
Ai, que cavalo bom.
Ai, que cavalo bom.

  • Category

  • License

    • Standard YouTube License

Loading...

When autoplay is enabled, a suggested video will automatically play next.

Up next


to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...