Loading...

Abertura A Princesa e o Cavaleiro

38,250 views

Loading...

Loading...

Loading...

Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.
Published on Apr 2, 2013

A Princesa e o Cavaleiro foi baseado na publicação do Manga publicado de 1953 a 1956 e tornou-se um clássico da animação japonesa. A saga da princesa Saphire, que estreou na Tv Asahi no dia 2 de abril de 1967, apresentou toda a magia da obra de Ossamu Tezuka. Um destaque é a trilha sonora de Issao Tomita, que deu um toque monumental à série, especialmente no encerramento dos episódios e nas aparições do Cavaleiro Vingador.
Nascida nos tempos medievais no Reino de Prata, um reino cujas leis impedem uma mulher de subir ao trono, Saphire é criada como menino a fim de afastar a cobiça do Duque Duralumínio, o parente mais próximo do Rei e candidato direto à sucessão do trono. Longe dos olhos do público, Saphire mantém sua feminilidade, o que não a impede de se tornar uma grande espadachim, agindo secretamente como o Cavaleiro Vingador, um herói medieval.
Saphire tem seu próprio anjo da guarda: Ching, um anjinho travesso enviado à Terra como punição por suas molecagens no céu. Ching deu para a Princesa Saphire um coração azul antes que o Anjo Chefe lhe desse um coração rosa para ser uma menina. Ching foi enviado do céu para buscar o coração azul de Saphire e transformá-la em uma menina meiga e agradável. Ching procurou durante 12 anos e quando ele a acha a aventura começa.
Da Terra do Ouro veio o Príncipe Franz, por quem Saphire se apaixonou e foi correspondida pois ele percebeu que ela era uma garota. Juntos combatiam o mal de seus rivais Duque Duralumínio e seu companheiro medroso Nylon, que estavam sempre planejando armadilhas para desmascarar Saphire, além do bruxo Satã e a organização Unidade X.
Osamu Tezuka definiu que os principais protagonistas de seu desenho teriam nomes de metais preciosos e pedras preciosas e os vilões da história, teriam nomes baseados em ligas baratas ou sintéticas. Daí os nomes de Saphire, Duralumínio e Nylon.
A Princesa e o Cavaleiro, além de ser um desenho clássico, possui elementos da mitologia grega, cristã, e uma suspeita propaganda da bissexualidade.

O anime chegou ao Brasil no início da década de 1970 na Rede Record de São Paulo. Posteriormente, foi vista na TVS do Rio de Janeiro até os anos 80. A Princesa e o Cavaleiro chegou a ter quatro fitas VHS lançadas no Brasil em meados dos anos 1990. No Brasil foi dublado por dois estúdios a AIC e a Cine Castro.

Loading...

When autoplay is enabled, a suggested video will automatically play next.

Up next


to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...