BR

Carregando...

Iguape, Cidade Histórica do Litoral Sul de São Paulo

128.195 visualizações

Carregando...

Carregando...

Carregando...

É possível avaliar quando o vídeo for alugado.
Este recurso não está disponível no momento. Tente novamente mais tarde.
Publicado em 29 de set de 2007

Fotos de Iguape - SP - Brasil - Organizadas por ZiZi Morais
Fontes:
Fotos: Arquivo Pessoal e Internet
Músicas:
1) Saudades de Iguape - Melodia de João Batista do Nascimento e Letra de - Bruno e Ernesto Zwarg, interpretada por Mário Martins
2) Rio Ribeira - Letra e Música de Ernesto e Bruno Zwarg
http://www.zwarg.com.br/
***********************************
Saudades de Iguape

Quanta saudade
Relembrando Iguape
Com seus velhos telhados
Arvoredos frondosos
E plácidas praias imensas...
O Ribeira florido
E as cachoeiras da Juréia a chorar
Romeiros de Iguape
É uma tradição
Saudade renitente
É um juramento
Que nos vem da alma
É um sutil segredo
De chegar ao céu
E sem pedir perdão
Romeiros de Iguape
Com suas cantigas
Fazem os caminhos
Parecer de rosas
Pois não há espinhos
Quando a caminhada
Nos conduz à fonte
A Fonte do Senhor
E desde a Barra de Una
Em pleno alvoreçer
Sempre a caminhar
Quanta emoção
Ao rever as quebradas
dos Itatins
E depois vem o Rio Verde
Que é o nosso Jordão
A Juréia de vista sem par
Eu jurei vir a Iguape
A beira-mar
Quanta saudade
Relembrando Iguape
Com seus velhos telhados
Arvoredos frondosos
E plácidas praias imensas...
O Ribeira florido
E as cachoeiras da Juréia a chorar
***********************************
Rio Ribeira

Desce a canoa de manso,
Abrindo uma trilha num mar de Aguapês
(No Rio Ribeira)
Junto das margens tremulam
no espelho das águas as flores do Ipê...
(No Rio Ribeira)
O canto de uma araponga
O salto de um peixe no rio
Um sabiá laranjeira
cantando a beleza da tarde no estío
(No Rio Ribeira)
O gado ainda saudoso
De ouvir os romeiros
Cantando no rio
(No Rio Ribeira)
Perto de um taquaral
Uma triste canoa
buscando o jairê
(No Rio Ribeira)
Mas na casinha florida
espelhada nas águas faltava voce
(No Rio Ribeira)
Um bando de maitacas
Alegres cruzando o rio...
Lágrimas descem do remo
pois o remador nem chorar conseguiu
No Rio Ribeira...(bis)

***********************************
Obs.: Conserve os devidos créditos
***********************************

Carregando...

Quando a reprodução automática é ativada, um vídeo sugerido será executado automaticamente em seguida.

Próximo


para adicionar este vídeo à playlist "Assistir mais tarde"

Adicionar a

Carregando playlists...