Loading...

Porque a Dilma sofreu o Impeachment? A Verdade que você não sabe!

581,842 views

Loading...

Loading...

Transcript

The interactive transcript could not be loaded.

Loading...

Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.
Published on Apr 22, 2016

Uma longa reportagem da CNN denuncia o avanço do golpe politico no Brasil. Em matéria especial sobre a votação do pedido de impeachment da eleita presidente Dilma Rousseff na Câmara, a jornalista norte-americana Christiane Amanpour fala em “meios anti-democráticos” utilizados para impedir o segundo mandato de Dilma, o jornalista Glenn Greenwald explica assustado a banalização da câmara dos deputados.

A matéria ocorreu logo depois da após a aprovação do Impeachment na Câmara dos deputados no último domingo, e repercutiu o mundo todo, a imprensa brasileira foi pega de calças curtas e não esperava que a CNN estivesse investigando secretamente a política no país. A CNN, mostrou com exclusividade de uma ótica imparcial, todas as artimanhas utilizadas para manobrar a opinião pública, no massivo ataque ao qual recebe a presidente.
Os jornalistas disseram que a presidente está sofrendo um “GOLPE”, e tal atitude é vista com maus olhos pelos democratas e seus aliados que repudiam qualquer tipo de brincadeira ilicita com a democracia.
Após a divulgação da matéria, imediatamente os jornais brasileiros lançaram diversas sopostas acusações de "suspeitas de corrupção" contra a presidente; a ISTOÉ de primeira mão lançou uma capa que dizia de uma delação que comprometeria Dilma, o jornal da Globo de 18/04 foi mais além e quase todas suas notícias apresentadas por William Waack se justificavam sobre o Impeachment. Outros meios de comunicação e portais como: UOL, A Jovem Pan, Estadão ficaram extremamente repreensivos com a reportagem investigativa internacional da CNN.

"A afronta a democracia internacional de um país feito de um governo golpista, deve ter suas relações internacionais imediatamente canceladas e se tornar uma nação hostil aos interesses democráticos." mencionou um dos ministros da casa branca americana.

A âncora da CNN espantada com a enorme lista de corruptos e bandidos na câmara, totalizando 352 políticos (até a data do impeachment) tinham envolvimento com diversos crimes corrupção, lavagem de dinheiro, caixa dois, recepção ilicita de dinheiro da JBS, "e o mais surpreendente é que a única pessoa que não estava envolvida com a Corrupção era justamente quem estava recebendo votos de IMPEACHMENT" declarou o jornalista Greenwald.

Os jornalistas ainda se perguntam:
"Devemos tirar uma pessoa do poder só porque ela é impopular? Ou porque o país está passando por uma crise econômica? "

Cunha líder da câmara é o principal articulador do impeachment depois que foi descoberto caixa dois e milhares de fortunas desviadas de dinheiro PUBLICO a paraísos fiscais, alguns politicos que antes apoiavam Dilma como Magno Malta, se tornaram oposição combativa, muitos políticos ligados ao DEM partido do Arruda (aquele pego enfiando dinheiro na cueca e nas meias) falaram em combater a corrupção do PT pela moral da familia, Jair Messias Bolsonaro investigado por caixa 2 da JBS, nepotismo, e empregar funcionários fantasmas, foi até o palanque e enalteceu o militar do regime que torturou Dilma, o Ustra.

Por fim, boa parte dos empresariados inadimplentes foram contra a presidente, por exemplo: O dono da Rede de lanchonetes Habib's (segundo reportagem a Folha 11/03/16) que convocou a população para ir aos protestos, porem (na materia da Exame de 10/12/14) Habib's seria investigado por suposto esquema de sonegação fiscal na operação Flex Food. Alem do Habbis outras empresas sonegadoras participaram do movimento e com isso o Brasil deixou de arrecadar 700 bilhões de grandes empresas.

As mesmas articulam com o vice presidente Michel Temer um novo plano de governo denominado "A PONTE PARA O FUTURO" na qual a presidente Dilma é contra, se trata simplesmente de cortar os direitos trabalhistas da população nos proximos anos, direitos da previdência tais como FGTS, INSS, assim como o fim da CLT e Sindicalistas, com isso o futuro governo Temer facilitaria empresas inadimplentes de contratar e despedir sem direitos os funcionários, aumentando a jornada de trabalho e oferecendo o minino para isso, seria algo semelhante ao que acontece em Singapura, Taiwan, e países emergentes. Outro objetivo é exonerar cargos, e censurar os professores. A saída da presidente foi porque não aceitou esse crime contra aqueles que a elegeram.

(Questionando sobre o tema, quantas vezes você viu pesquisas de IBOPE e POPULARIDADE pra medir a FAMA de uma pessoa, o que vale no Brasil é isso ou teu voto nas urnas? Você realmente confia na imprensa Brasileira? O que o GRUPO ABRIL e GLOBO não contam. É que a mesma que em 2012 recebeu 34 milhões de reais de José Serra, já a outra recebeu de presente um terreno público a família Marinho, entretanto nunca se pronunciou sobre o caso. O que eles não te contam é que os antecessores a Dilma, fizeram pedaladas fiscais, Movimentos como o MBL recebem propina dos empresariados, e dizem ser contra a corrupção mas o lider deles tira foro com o Cunha. Então nao era contra a Corrupção? Cade o patinho? Panelaço? Sera seletivo?

Comments are disabled for this video.
Advertisement
When autoplay is enabled, a suggested video will automatically play next.

Up next


to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...