Loading...

Tudo sobre o sedã Hyundai HB20S 2014 - BlogAuto

10,875 views

Loading...

Loading...

Loading...

Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.
Published on Mar 28, 2013

Vídeo de apresentação do sedã Hyundai HB20S, lançado em Foz do Iguaçu no Paraná, com aparência de veículos de segmentos superiores, o Hyundai HB20S 2014 chega bem equipado, com motores 1.0 e 1.6 e preços que o distanciam dos concorrentes. Veja Mais: http://www.blogauto.com.br/avaliacao-...

A Hyundai mostra mais uma vez que não veio para se coadjuvante no cenário automotivo brasileiro, e apresentou o seu terceiro produto em menos de seis meses do lançamento do seu produto nacional, com a chegada do sedã compacto Hyundai HB20S, completa, assim, o primeiro ciclo de produtos, e plena capacidade de produção da fábrica de Piracicaba, com 150 mil veículos/ano, no interior de São Paulo.

Desenvolvido especialmente para o mercado nacional, o terceiro membro da linha HB, tem o nome de HB20S, mas também poderia ser chamado de Mini-Elantra, trazendo várias linhas que já marcaram os modelos coreanos. o Hyundai HB20S tem a sua parte frontal exatamente igual ao modelo Hatch, trazendo grade dianteira em formato hexagonal e faróis com moldura negra ou prateada, que dão ao carro um ar de esportividade e sofisticação.

Seguindo a filosofia de Escultura Fluida da Hyundai, o veículo se destaca por sua lateral com muitas linhas e cintura elevada, apenas o plástico preto que ocupa a coluna "C", destoa, parecendo pobre. Na traseira, a grande novidade, temos lanternas que invadem a lateral do carro e linhas de design que fazem a perfeita integração do porta-malas com o resto da carroceria. Uma moldura cromada localizada na tampa do porta-malas e um ressalto na tampa que o fabricante apresenta como um aerofólio. Olhando o veículo pela traseira em comparação aos outros modelos do mercado, faz com que o modelo pareça de uma categoria superior.

O Hyundai HB20S, que chega as lojas da marca em 20 de abril, oferecerá desde a versão inicial um pacote bem completo de itens de série, com áudio Hyundai BTH com comandos no volante, direção hidráulica, ar condicionado com filtro de ar, duplo airbag frontal, fixações ISOFIX®, trava e vidros elétricos, computador de bordo, alarme, console central com porta-objetos, gaveta sob o banco do motorista e banco do motorista com ajuste de altura.

O resultado disso é um preço inicial do Hyundai HB20S, na versão Comfort Plus 1.0 por R$ 39.495 preço já considerando o aumento de 1,5% do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) chegando até R$ 53.995 para a versão Premium 1.6 com transmissão automática.

O interior do Hyundai HB20S mantém o mesmo interior dos outros modelos da família HB, o sedã conta com saídas de ar, maçanetas internas e moldura do câmbio pintadas na cor prata. Nas versões Comfort Style e Premium, o botão do freio de mão e as saídas de ar possuem detalhes cromados.

Os motores que vão equipar o sedã Hyundai HB20S são os Flex 1.0 litro de três cilindros e 12v de 80cv; e o 1.6 litro de 16v, quatro cilindros, de 128 cv, o mesmo que equipa o "esportivo" Veloster. O 1.0 que equipa a família HB20 recebeu a nota A no Programa Brasileiro de Etiquetagem, e o 1.6, a nota B.

O Hyundai HB20S estará disponível nas versões Comfort Plus 1.0, Comfort Style 1.0, Comfort Plus 1.6, Comfort Style 1.6, (manual e automático), e Premium 1.6, (manual e automático). As cores sólidas disponíveis são Branco Polar e Preto Onix, as metálicas são Prata Metal e Cinza Titanium; e há ainda a opção perolizada do Azul Ocean, veja aqui as imagens.

O test-drive de 51 quilômetros aconteceu na cidade de Foz do Iguaçu, e passou pela Usina de Itaipu passando por grandes retas, subidas e pela região central da cidade. A temperatura ambiente era de quase de 30 graus e muito chuva, mas muita chuva mesmo. Andamos nas versões Premium 1.6 com transmissão automática e na versão Confort Style 1.0 manual.

O desempenho do motor 1.6 16v VVT, mesmo que equipa o Kia Soul e Hyundai Veloster, não decepciona, mesmo com a transmissão automática de quatro velocidades. O torque é muito bom desde as rotações mais baixas, a 120 km/h em drive a rotação é em torno de 3.200 rpm.

O comportamento da suspensão acompanha o do modelo hatch, apenas as molas traseiras possuem um a calibragem mais rígida. Um ponto são as lombadas, uma praga brasileira, que com a ausência de stop hidráulico nos amortecedores, basta passar um pouco mais rápido, para bater muito forte.

O ronco do motor 1.0 de três cilindros e 12 válvulas e comando variável é empolgante, o nível de ruído e vibração é muito baixo mesmo em altas rotações – a 120 km/h em quinta marcha a rotação gira em torno de 4.100 rpm, tudo muito parecido com o comportamento do modelo Hatchback

Loading...

Advertisement
When autoplay is enabled, a suggested video will automatically play next.

Up next


to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...