Carregando...

Plano Digital | Estou Refugiado

35 visualizações

Carregando...

Carregando...

Transcrição

Não foi possível carregar a transcrição interativa.

Carregando...

Carregando...

É possível avaliar quando o vídeo for alugado.
Este recurso não está disponível no momento. Tente novamente mais tarde.
Publicado em 31 de out de 2016

A preocupação com a causa dos refugiados uniu a empresária Luciana M. G. Capobianco e a jornalista Gisela Rao. Em suas conversas, aos poucos, uma ideia começou a tomar forma: criar uma plataforma digital que conectasse à sociedade brasileira esses seres que são acima de tudo humanos, mas que estão refugiados e precisam de ajuda para reconstruir suas vidas – em outras palavras, precisam principalmente de oportunidades de emprego. E assim nasceu o EstouRefugiado.com.br. Levantando a bandeira de que “o preconceito acaba quando a compreensão começa”, a plataforma convida as pessoas a concretamente “calçarem os sapatos” desses outros seres humanos, colocando-se no lugar delas e abrindo seus corações para o amor.

Carregando...

Quando a reprodução automática é ativada, um vídeo sugerido será executado automaticamente em seguida.

Próximo


para adicionar este vídeo à playlist "Assistir mais tarde"

Adicionar a

Carregando playlists...