PODER DE EXPRESSÃO OFICIAL
199
  • Poder de Expressão - Cria do Mundo part. Policeno

    3,721 views 2 years ago
    Grupo: Poder de Expressão
    Música: Cria do Mundo
    Produção Musical: Policeno
    Mixagem e Masterização: Base MC (Refugiaudio)
    Produção de video: Liderativo (Por Policeno)

    Letra:

    (Refrão: NEY)

    Estalo é bem alto ninguém no pecado não é brincadeira, Da vida loka bandida de uns dias não vamos estiar bandeira/ Segue o jogo perfil criminoso, dos mais cabuloso, daqueles que matam Só pra ver o tombo.

    (Parte: BOD)

    Tudo se passa em fracções na visão do vilão que segue leve, o mundo que gira na brisa e a retina fraga o que acontece, Teste/

    Na mesma eu não paro e quem me acompanha sabe o alcance do lance é pouco romance o instante é frio “Cria do Mundo” selvagem tio/

    Já que são poucas delongas não vira, a fita foi dada a missão é cumprida, a paz eu procuro, por ela nem durmo e quase que surto com a força do tempo/

    Olho no espelho e reflito nas marcas feitas na alma que o tempo não apaga, a bala não mata é o dedo que atira e o mundo desaba se não acredita/

    Perigo confesso com a mente a mil, os planos a milhão e de curto pavil, penso e reflito observo de longe, aqueles que somam e os que quebram no bonde/

    O bang é pesado tudo é negócio, aperta a minha mão e nem olha nos olhos, porra não posso fica nessas brisas maluco endoida se não assimila/

    Deus me proteja e me de paciência, a vida é um contraste que exige prudência, sábio daquele que pega a visão, entende o sentido e não perde a razão/

    Ação.... são vários que ficam na pista achando que a vida ta leve, o mundo a crise o crime não somos vitrine é vida que segue/

    (Refrão: Ney)

    Estalo é bem alto ninguém no pecado não é brincadeira, Da vida loka bandida de uns dias, não vamos estiar bandeira/ Segue o jogo perfil criminoso, dos mais cabuloso, daqueles que matam Só pra ver o tombo.

    (Parte: RF)

    Salve malandro que soma no bang, na quebra reduto dos band, quem tá na missão sente a pressão sabe que a vida nem sempre permite revanche/

    Não posso parar de lutar, no jogo é difícil de continuar sem chance pro fraco não vou me entregar com fé no senhor nada vai me parar/

    Pega a visão de pé na missão pra trocar vou lutar com Poder de Expressão, mente blindada, afiada, pesada, rima sagrada inspiração/

    Pra prospera vou criar, reivindicar disciplina chegou pra cobrar, passou batido, despercebido jamais o juiz logo mais vai chegar pra julgar/

    Fome na terra muitos sofrendo meu Deus eles sabem o que estão fazendo. Ouro, bala, luxo, prata, luto ambição muralha/

    Vaidade maldade a cidade sem coração queimando almas, minha mente dispara atraca varias fita muita calma/

    Cada qual vai colher o que semear mais nem sempre semente se tem pra plantar, desigualdade gera maldade o monstro cresceu não adianta chorar/

    Há, vou ligar pro seu bem não mexe, quando os manos estão no estresse é melhor nem pensar que é blef, se o estopim estoura não é confete/

    Tiroteio minhas palavras estão no ar, pé de breque que só sabe pescoçar, qual que é, sai do pé zé mané leva axé e desse jeito você vai se estrepar/

    (Refrão: Ney)
    Estalo é bem alto ninguém no pecado não é brincadeira, Da vida loka bandida de uns dias, não vamos estiar bandeira/ Segue o jogo perfil criminoso, dos mais cabuloso, daqueles que matam Só pra ver o tombo.

    (Parte: POLICENO)

    Inveja é foda e ela vem dos mesmos que te julga os passos da sua progressão
    O que vem de baixo quer o irmão em baixo e a gente igual chiclete grudado no chão/

    Pisoteado na sola dos pés de quem nos marginalizou nos dividiu riqueza subtraída e o pessimismo se multiplicou/

    Estado islâmico de bairro a bairro míssil Tomahawk no poder contrário Que te manipula te faz Pinóquio te faz ventriloco de Bolsonaro/

    Faz os iguais diferenciados, que corriam junto hoje estão inversos, No oceano de falsidade nas águas fundas sonhos submersos/

    Afogado em depressões e decepções sem ter opções de ter posições pra ter cifrões como soluções pra não ter caixões/

    Diploma não vale o emprego É nisso que os Monstros se criacarga horário no trampo não tem mas tem carga Então fecha Avenida/

    Ter a visão 3D na isca não se render Ficar bem ligeiro no Game inveja é gelo no asfalto e quem tá debaixo quer te derreter/

    Pior que a cegueira é que não quer enxergar uma solução, não dê ouvidos fecha a boca na hora da escolha em dúvida pega a visão/

    (Refrão: NEY)

    Estalo é bem alto ninguém no pecado não é brincadeira, Da vida loka bandida de uns dias, não vamos estiar bandeira/ Segue o jogo perfil criminoso, dos mais cabuloso, daqueles que matam Só pra ver o tombo. Show less
    Read more
  • MUSICAS Play all

    This item has been hidden
  • Uploads Play all

    This item has been hidden
to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...