523
  • Dillaz - Protagonista (Letra)

    72,852 views 3 years ago
    Regra número um
    Tenta expandir a vista
    Faz pela tua conquista
    O protagonista és tu

    Regra número dois
    Não deixes para outra hora
    Tu tenta fazer agora
    Para repetir depois

    Regra número três
    É obrigatório sorrir
    E no caso de caíres
    Vais levantar-te outra vez

    Regra número quatro
    Quem conta com a sorte
    Não volta mais forte
    Acaba por ser fraco

    O protagonista és tu
    O protagonista és tu
    O protagonista és tu
    O protagonista és tu

    Parou na estrada onde circulava na contra-mão
    Esboçou-me uma cara tristonha com olhos de aflição
    Esticou-me o braço como se a vida lhe acabasse
    Outra sina se ditasse e a saída se fechasse, não

    Na nova escala tens a mala mas acabas teso
    Ver a vitrine e não comprá-la por causa do preço
    Tu só descontas e dispensas vives na rotina tensa
    Por isso é que agora pensas será que eu mereço

    Mas ao fim da escuridão tu tens aquela luz divina
    Mas até lá chegar tu só patinas
    Cortes e cortinas, madrugadas ver que a vida é maravilha
    Mas antes dá o orgulho à tua filha

    Enquanto tu rastejas há quem beije a tua mão
    À espera de algo em troca para poder ter a razão
    A ver complicação e a tentar ficar com os teus bens
    Mandar-te a porta abaixo e roubar-te o que já não tens

    No país há quem mate e há quem roube
    O problema é que quem rouba também governa o patriotismo
    E por causa do sistema, por causa deste esquema
    A vida tu só vais vivê-la sem protagonismo

    Tu tens a arte no organismo e não te dão valor
    Como tu que viraste arquitecto e querias ser pintor
    Tu só queres ser independente, que aquilo que te deixa contente
    Mas vês que a vida vai ter sempre um realizador

    Se folhas escritas fossem pão tu não andavas tão magro
    Ao fim e ao cabo tu só vês que não dás mais do que tens dado
    És um caroço que é escarrado depois da fruta
    Por toda a pessoa que machucaste, vem mais tarde e te machuca

    Mas que vida tão puta
    O teu comportamento virou um pátio para uma luta
    Só vês é sofrimento, és uma bota na recruta
    A tua posição, não dá para ser mais podre que a tua reputação

    Talvez te tenham dito
    Noutro sítio
    Suicídio por vezes é solução

    Quando cortarem a fita
    Berra e grita
    Na tua vida só tu ditas o guião
    O protagonista és tu

    O protagonista és tu
    O protagonista és tu
    O protagonista és tu
    O protagonista és tu Show less
    Read more
  • Popular uploads Play all

    This item has been hidden
  • Uploads Play all

    This item has been hidden
  • This item has been hidden
  • Recent activities Play all

    This item has been hidden
to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...