458
  • AlfaSol e Centro Ruth Cardoso Play all

    Compartilhamento entre o Canal Centro Ruth Cardoso e o Canal da AlfaSol no You Tube
    This item has been hidden
  • Programa Universidade Solidária (UniSol) Play all

    Criado em 1995, o Programa UniSol (Universidade Solidária) - articula e implementa projetos e ações sociais de Instituições de Ensino Superior (IES), em parceria com empresas públicas e privadas, organizações do Terceiro Setor e comunidades.

    Parte integrante dos programas da AlfaSol e da rede criada pela antropóloga Ruth Cardoso, o Universidade Solidária (UniSol) tem por objetivo promover vivências e intercâmbio de conhecimento entre universitários e comunidades de todo o País, influindo diretamente no desenvolvimento local, no fortalecimento da pesquisa e extensão universitárias e na formação cidadã dos futuros profissionais.

    O UniSol estimula a liderança nos jovens universitários e, sobretudo, proporciona uma visão mais apurada da realidade social brasileira; fortalece a organização comunitária e constrói soluções locais, promovendo a melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável.

    Em 16 anos de atuação, o Programa UniSol já mobilizou 23.865 mil estudantes e professores de 214 universidades que desenvolveram projetos em 1.336 comunidades de todo o país, beneficiando mais de 2 milhões de pessoas em projetos de diferentes áreas do conhecimento totalmente sustentados nas premissas -- trabalho em rede e articulação de parcerias entre os diversos setores para a construção de soluções aos problemas sociais.
    This item has been hidden
  • Festival de Ideias Play all

    Após o sucesso da edição de 2011, o Centro Ruth Cardoso lança o Festival de Ideias 2012. Em nova versão, o #festideias propõe uma nova maneira de organização, aprendizagem e inovação: em rede.

    Formulado para fomentar soluções criativas frente aos problemas atuais da sociedade e para promover a inovação e o empreendedorismo, o FdI é uma rede de colaboração e troca de informações entre empreendedores, investidores e o público em geral.

    Em 2012, o Festival aparece renovado: propõe novos temas, aposta na cocriação como modelo de aprendizagem, e estreia em uma nova plataforma - mais potente, social e integrada.

    Cocriações. O foco agora é nas cocriações! A experiência do FdI 2011 nos mostrou que, seja online ou presencial, o mais importante é a troca e interação entre os diversos participantes. Dessa forma, com base nos comentários e feedbacks dos participantes e parceiros, esta nova edição se propõe como um processo, no qual as ideias serão continuamente melhoradas, remixadas e maturadas.

    Para isso, o Centro Ruth Cardoso preparou uma agenda de cocriações presenciais em seu auditório, além de dois eventos nacionais de encontro, troca, interação e premiação das ideias selecionadas.

    Temas. Outra novidade são os novos temas escolhidos para compor os desafios do FdI. Em sua primeira edição, o Festival destacou três grandes temas de interesse da sociedade: Violência, Mobilidade urbana e Catástrofes naturais. Em 2012, o FdI incorporou novos temas: Redes de Aprendizagem, Crowdbusiness, Voluntariado e APPs.

    Plataforma. Totalmente reprogramada, a plataforma surge agora com muito mais funcionalidades e possibilidades. Com design arrojado e fácil navegação, você pode inscrever e editar uma ideia, formar grupos em torno dela, consultar e criar eventos, compartilhar, curtir, interajir!

    Por meio da plataforma web, diversas reuniões de co-criação e de dois eventos presenciais, o FdI se torna, assim, um hub para compartilhamento e discussão de ideias.

    As ideias inscritas na plataforma do Festival de Ideias (http://www.festivaldeideias.org) circularão pela rede durante todo o ano, período no qual passarão por cocriações, colaborações em rede e aprimoramento. Qualquer usuário poderá editar a ideia, fazer comentários, sugerir melhorias e, se for o caso, se apropriar, modificar e republicar a ideia. Lembre-se: é bom ser copiado e uma ideia é sempre mais criativa quando partilhada e desenvolvida em rede. O que vale é a cocriação e o trabalho em rede!


    Após esse momento de troca coletiva presencial e na web, algumas ideias serão selecionadas por um time de curadores e participarão das etapas presenciais em agosto e/ou novembro. Lá essas ideias receberão um investimento-semente para tirá-las do papel! (Saiba mais em "Premiação")

    É importante ressaltar, que, além de um evento, o FdI2012 é um processo de cocriação e aprimoramento das ideias. Os projetos que participarem do Festival desde sua primeira etapa (abril a junho de 2012) terão mais chances de ser bem sucedidos e participar das etapas presenciais. (Veja os critérios de exigibilidade em "Regulamento")

    Agora, programa-se! Acompanhe nossa programação e atualizações pelo Blog e fique por dentro de toda a programação do FdI 2012. Ou interaja em nosso grupo no facebook: https://www.facebook.com/groups/219514234760244/
    This item has been hidden
  • Uploads Play all

    This item has been hidden
to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...