16

2015-WEB

Bandeirinhas, Dançando no Ar
Durante a colonização do Brasil, após o ano de 1500, os portugueses introduziram em nosso país muitas características da cultura europeia, entre elas, as Festas Juninas. Esses festivais de origem pagã em comemoração à grande fertilidade da terra, às boas colheitas, surgiram no período pré-gregoriano na época denominada solstício de verão. No Brasil, tais comemorações aconteciam no dia 24 de junho, o dia de São João.

As bandeirinhas e os balãoes são de origem asiática, as danças, possivelmente inspiradas em danças de salão, européias. Os portugueses, quando em suas viagens de descoberta, levaram para o Brasil esse tipo de decoração e danças. Os balões juninos e as bandeirinhas indicam o início do festival, mas foram criados para reverenciar os santos da festa, em agradecimento à realização dos pedidos, normalmente relacionados a namoro e casamento.

Os povos indígenas e afro-brasileiros que viviam no Brasil não tiveram dificuldade em adaptarem-se às Festas Juninas, pois elas são muito parecidas com as festas de suas próprias culturas. Aos poucos, foram sendo difundidas em todo o território do Brasil.

Assim, as Festas Juninas são, na sua essência, multiculturais. A festa de São João é principalmente celebrada no Nordeste brasileiro. Tendo em vista a aridez característica da região, durante a festa, acontecem os agradecimentos a São João e São Pedro pelas chuvas que caem nos campos. Faz parte da tradição a culinária feita a partir do milho, por exemplo, bolo de milho, canjica e doces, pois a celebração coincide com o momento da colheita deste grão.

Aplico com freqência elementos de decoração junina no meu trabalho. Esses motivos coloridos e de simetria tão simples constituem grande fonte de inspiração, pois trazem lembranças das celebrações genuinamente folclóricas que fazem parte de minhas raízes e de minha própria família.
Bandeirinhas, dançando no ar propõe uma relação artística entre Arte Visual Contemporânea e temas folclóricos. Situa meu trabalho em um contexto histórico e global e realça manifestações populares multiculturais que fazem parte da identidade brasileira. Ao público, mostrará que a riqueza cultural brasileira é o resultado de uma adição constante e de aceitação de novos elementos em sua própria cultura, sejam eles novos ou velhos ou provenientes da África, Europa ou da Ásia. Essa fusão de diferenças faz do Brasil um país global, que constantemente se transforma, agregando harmoniosamente e de forma singular elementos multiculturais à sua própria cultura.
Bandeirinhas, Dançando no Ar
Durante a colonização do Brasil, após o ano de 1500, os portugueses introduziram em nosso país muitas características da cultura europeia, entre elas, as Festas Juninas. Esses festivais de origem pagã em comemoração à...
Play all

Loading...

to add this to Watch Later

Add to

Loading playlists...