Upload

Loading icon Loading...

This video is unavailable.

Privataria Tucana já nas livrarias de todo país FHC Serra e FHCboys no butim latino americano

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to like meico br's video.

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to dislike meico br's video.

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to add meico br's video to your playlist.

Uploaded on Dec 10, 2011

FHC e a turma "do bem"/de cheirosos de Higienópolis, curto e grosso: aculturados.
Que nunca defendeu os interesses dos brasileiros preferindo ficar bem com os países desenvolvidos. Podia assim viajar tranquilo pela Europa e desfilando a erudição e o domínio de idiomas. Vaidoso dependente-associado (muito mais dependente que associado).
O governo FHC foi uma mancha negra em nossa história recente. Agiu repetidamente contra interesses nacionais, contra interesses da comunidade política brasileira. Assinou o tratado de não proliferação, mesmo após estar implícito acordo entre Brasil e Argentina para se auto fiscalizarem. Ajoelhou-se diante de pressões a que resistiram vários presidentes que o antecederam.
A subserveniência era tanta durante o governo FHC que um Ministro de Estado se submeteu à revista para entrar nos EUA. Tirou o sapato e tudo o mais. Ainda hoje não sabemos se chegou a passar por revista íntima.
O PSDB e os FHCboys tem um grande plano para tocar os municípios os estados e a federação quando há crise econômica: cortar gastos. E um plano ainda melhor se não for clima de crise ou em épocas de bonança: cortar gastos.
Pior Salário Do País (PSDB)
Alguns FHCboys:
Aloysio Nunes Ferreira Filho - Entre 1999 e 2002 ocupou dois ministérios no governo Fernando Henrique Cardoso: a secretaria-geral da Presidência e o Ministério da Justiça.
André Lara Resende - Bacen e BNDES.
Arthur Virgílio Neto - Foi um dos líderes do Governo Fernando Henrique Cardoso, ocupando o cargo de Ministro-Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República.
Celso Lafer - Foi Ministro das Relações Exteriores entre 2001 a 2002, no governo Fernando Henrique Cardoso, além de embaixador do Brasil junto à OMC, e embaixador do Brasil junto à Organização das Nações Unidas (ONU) de 1995 a 1998.
Clóvis de Barros Carvalho - Foi ministro da Casa Civil durante o primeiro governo Fernando Henrique Cardoso, de 1 de janeiro de 1995 a 1 de janeiro de 1999. Foi ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil no segundo governo Fernando Henrique Cardoso, de 19 de julho a 8 de setembro de 1999.
Gilmar Ferreira Mendes - Foi Advogado-Geral da União no Governo FHC (PSDB), sendo empossado ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) em 20 de junho de 2002, por indicação de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), então Presidente da República do Brasil.
José Carlos Dias - Ministro da Justiça durante o governo Fernando Henrique Cardoso.
José Serra - Ministro do Planejamento e Orçamento (1995-1996) e ministro da Saúde (1998-2002).
Luiz Carlos Mendonça de Barros - ex-presidente do BNDES (novembro de 1995 a abril de 1998) e ex-ministro das Comunicações (abril de 1998 a novembro de 1998).
Luiz Felipe Palmeira Lampreia - Ministro das Relações Exteriores no governo Fernando Henrique Cardoso entre 1995 e 2001.
Pedro Sampaio Malan - Foi Ministro da Fazenda durante os dois mandatos de Fernando Henrique Cardoso, de 1 de janeiro de 1995 - quando FHC assumiu o primeiro mandato de presidente - até 31 de dezembro de 2002, quando terminou o segundo mandato.
Miguel Reale Júnior - Foi Ministro da Justiça de FHC.
Milton Seligman - Foi ministro da Justiça de FHC.
Paulo Renato Costa Souza - Foi o ministro da Educação durante o governo Fernando Henrique Cardoso de 1 de janeiro de 1995 a 31 de dezembro de 2002.
Pedro Pullen Parente - Foi chefe da Casa Civil da Presidência da República, de 1 de janeiro de 1999 a 1 de janeiro de 2003, ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão de 6 de maio a 18 de julho de 1999 e secretário executivo do Ministério da Fazenda.
Pimenta da Veiga - Em 1998, foi nomeado ministro das Comunicações.
Raimundo Mendes de Brito - Foi ministro de Minas e Energia (do apagão) de FHC.
Raul Jungmann - Ex-ministro extraordinário da Reforma Agrária no governo Fernando Henrique Cardoso.
Ricardo Sérgio de Oliveira - Caixa de campanha de FHC recebeu o Banco do Brasil, a PREVI, entre outros mimos no governo.
Roberto Brant - Ministro da Previdência Social no governo FHC.
Ronaldo Sardenberg - Foi ministro chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República e assumiu o Ministério da Ciência e Tecnologia no governo FHC.
Sérgio Silva do Amaral - Foi ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do governo FHC.

Loading icon Loading...

Loading icon Loading...

Loading icon Loading...

Loading icon Loading...

Ratings have been disabled for this video.
Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.

Loading icon Loading...

Loading...
Working...
to add this to Watch Later

Add to