Upload

Loading icon Loading...

This video is unavailable.

Não é possível um novo imposto para a Saúde

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to like Alvaro Dias's video.

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to dislike Alvaro Dias's video.

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to add Alvaro Dias's video to your playlist.

Uploaded on Sep 1, 2011

Em pronunciamento hoje no plenário, critiquei a tentativa do governo de criar um novo imposto para financiar a saúde. Os brasileiros não suportam mais a carga exagerada de impostos. Temos um modelo tributário injusto, que faz com que alguns paguem muito e que estabelece um percentual alto de informalidade na economia do País. Nós da oposição somos minoria, mas colocaremos todos os obstáculos para resistir a essa idéia. Lembrei discursos de campanha e entrevistas da então candidata Dilma Roussef, garantindo que não iria aumentar impostos, nem recriar a CPMF. Agora a presidente diz que não é possível aceitar a regulamentação da Emenda 29 sem que se institua nova fonte de receitas. Dessa forma, ela nos autoriza a dizer que houve um estelionato eleitoral. O eleitor votou na presidente que prometeu reduzir impostos, e não na presidente que quer aumentar. Em que Dilma nós devemos acreditar: na da campanha ou na Dilma presidente que, depois de eleita, não precisa mais falar em prosperidade, só em dificuldade?. Veja a entrevista:

Loading icon Loading...

Loading icon Loading...

Loading icon Loading...

The interactive transcript could not be loaded.

Loading icon Loading...

Loading icon Loading...

Ratings have been disabled for this video.
Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.

Loading icon Loading...

Loading...
Working...
to add this to Watch Later

Add to