Upload

Loading icon Loading...

This video is unavailable.

Governo anuncia Plano Nacional de Banda Larga - Telebrás, BNDES, Tesouro Nacional, fibra óptica

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to add CRSS3's video to your playlist.

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to like CRSS3's video.

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to dislike CRSS3's video.

Loading icon Loading...

Loading icon Loading...

The interactive transcript could not be loaded.

Loading icon Loading...

Loading icon Loading...

Ratings have been disabled for this video.
Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.

Uploaded on May 5, 2010

A Telebrás anunciou na terça-feira que integrará o Plano Nacional de banda larga, organizado pelo governo federal para universalizar a Internet rápida no Brasil.
Segundo comunicado da empresa, a Telebrás prestará serviços de conexão à Internet em banda larga para usuários finais "apenas e tão somente em localidades onde inexista oferta adequada daqueles serviços" e providenciará infra-estrutura para serviços de telecomunicações privados.
Além disso, a empresa informou que também terá papel na implementação da rede privativa de comunicação da administração pública federal e prestará apoio a políticas públicas de universalização do acesso à banda larga em locais de interesse público.
A reativação da estatal para o Plano Nacional de Banda Larga gerou polêmica entre executivos do setor de telefonia, para os quais as empresas privadas têm condições de liderar o Plano Nacional e que a competição em bases desiguais de uma estatal poderia desestimular investimentos pela indústria.
O governo pretende oferecer o serviço por, no máximo, 35 reais por mês com objetivo de levar o acesso às classes C e D e em locais ainda não atendidos pelas empresas privadas, segundo a Agência Brasil.
O plano prevê a implantação da Internet rápida em quase todos os municípios brasileiros até 2014. A previsão é que, neste ano, a banda larga esteja disponível em 100 cidades, sendo 17 capitais, informa a agência oficial do governo.

Em 2007, a Banda larga no Brasil, embora venha crescendo bastante em número de usuários e velocidade, é quase 400 vezes mais cara que em outros países, principalmente devido à falta de concorrência, falta de regras claras e alta carga de impostos, além do fato de ainda ser mais lenta que em alguns outros lugares. A Banda Larga brasileira varia entre 200kbps e 100Mbps, porém, com preços caríssimos.

EDIÇÃO E MONTAGEM: CRSS3
Aracatiara/Amontada/Itapipoca/Itarema.

Loading icon Loading...

Loading...
Working...
to add this to Watch Later

Add to