Upload

Loading icon Loading...

This video is unavailable.

Sabes quem são os maiores criminosos de Portugal

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to like Voz da Revolta [Manifesto Popular Português]'s video.

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to dislike Voz da Revolta [Manifesto Popular Português]'s video.

Sign in to YouTube

Sign in with your Google Account (YouTube, Google+, Gmail, Orkut, Picasa, or Chrome) to add Voz da Revolta [Manifesto Popular Português]'s video to your playlist.

Uploaded on May 24, 2009

O nacionalista Mário Machado está detido nas instalações da Direcção Central de Combate ao Banditismo da PJ, disse à Lusa o seu advogado, José Manuel Castro, acrescentando que, até ao momento, não sabe os motivos da detenção.

Entretanto, o Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) revelou que o nacionalista foi detido no âmbito de uma investigação em curso naquela estrutura do Ministério Público, não adiantando o que está em causa.

Mário Machado, membro da organização considerada de extrema-direita Hammerskins, foi detido «em casa, por volta da uma hora da tarde, e também terá sido apreendida uma viatura e um computador», disse o advogado.

José Manuel Castro afirmou que a Polícia Judiciária disse que «o chamará» ainda esta quarta-feira, a hora ainda por determinar, para falar com o seu cliente, que será presente quinta-feira ao juiz de instrução no Tribunal de Instrução Criminal.

«Não sei os fundamentos da prisão e estranho o comportamento da polícia, que não permitiu o contacto entre o advogado e o detido. Neste momento, ele está sem assistência. Veremos se é uma medida provisória, se é uma questão de horas, porque, se não, se se prolongar, será motivo para nulidade da detenção», disse ainda.

A notícia, avançada pelo Sol, colheu também de surpresa o líder do Partido Nacional Renovador, ao qual Machado pertence, com José Pinto-Coelho a declarar à Lusa a «coincidência espantosa» de a detenção ocorrer dias depois de ter divulgado num fórum da Internet documentos em que eram citados membros da família do primeiro-ministro, José Sócrates.

Mário Machado compareceu em tribunal no passado dia 5 de Maio para responder num processo em que é acusado de ameaças à procuradora do Ministério Público Cândida Vilar, em que está acusado de coacção agravada, difamação agravada e incitação à prática de crime.

Cândida Vilar conduziu a investigação que levou Mário Machado - julgado com outros 35 «skinheads» - a responder num processo relacionado com discriminação racial e em que foi condenado em Outubro passado a quatro anos e dez meses de prisão efectiva, decisão de que recorreu.

Loading icon Loading...

Loading icon Loading...

Loading icon Loading...

The interactive transcript could not be loaded.

Loading icon Loading...

Loading icon Loading...

Ratings have been disabled for this video.
Rating is available when the video has been rented.
This feature is not available right now. Please try again later.

Loading icon Loading...

Loading...
Working...
to add this to Watch Later

Add to