Upload
171

Subscription preferences

Loading...

Loading icon Loading...

Working...

Marcos Vinicius de Moraes

Marcos Vinicius de Moraes - Um Terceiro Tempo

842 views 9 months ago
"Mas ninguém quer diferença, e na crença de que está bom como está."

Composição e Produção por Marcos Vinicius de Moraes.

______________________________­_________________

Nova Música 2013: Um Terceiro Tempo por Marcos Vinicius de Moraes.

______________________________­_________________


Notas:
1ª parte: Bm A E / G F#m E - 2ª parte: G D A Bm - Ref. Final: Cm Bb F

Letra:

Eu podia ver a fumaça que subia ao horizonte
Pensei, tentei olhar distante, em frente aquela ponte
Que cruzava da minha terra até meu verdadeiro lar.
Abusava da boa fé daqueles homens de além-mar.

A mudança muda, cega, e surda que ninguém quer escutar
O palco, o elo paralelo entre o público e o rei do lugar
Mas ninguém quer diferença, e na crença de que está bom como está
A temência ou a demência de não fugir pra luta ou querer mudar

Aos três tempos vou estar aqui com você
Não há lugar pra fugir, se esconder, é dar a cara a bater e vou seguir
A minha trilha é curva não vou ficar aqui
Porque o trem vem, de encontro ele vem, não vai poupar ninguém

Havia tido algum sentido pra ser parte do sistema, que envenena, aprisiona,
Corta draconianamente as asas de pobres almas pequenas
Que quase não possuem direito de sobreviver, ou menos se expressar
Há coisa mais triste do que a dor intensa que nem pode se manifestar?

Se o último bosque for exaurido, o velho tronco já caído como a própria casa que irá derrubar
Ou se todo o prédio já tiver ruído, e cada ser hostil vivido pela luta vil que nunca vai cessar
Dá-se a medalha aos profetas, esses falsos poetas que ditam o passado,
Em um tempo onde guerra é alento dos sofridos e um troféu àqueles líderes condecorados

Enquanto assiste um meio teatral
A vida corre lá fora, lá fora é vida real
Enquanto no segundo tempo ninguém marca o gol
O terceiro tempo do velho mundo acabou

Se há chances agora, embora eu não sei
Se existe algo essa hora que salve nosso rei
O jogo quase perdido, é cheque mate por vir
Mas nobre é o adversário, de empate permitir

Dera eu confiasse na consciência humana
Falaciosa, falsa, rude natureza estranha
Que feito uma árvore que parasita a si
E corrompe, interrompe a vida toda ali

Por motivos leves, torpes, nulos, greves, crises, guerras, muros
Dissemos pra arrancar os ramos do medo que nós cultivamos

Nunca é tarde pra aprender que é tarde demais
Tarde demais. (3x)

Aos três tempos vou estar aqui com você
Não há lugar pra fugir, se esconder, é dar a cara a bater e vou seguir
A minha trilha é curva não vou ficar aqui
Porque o trem vem, de encontro ele vem, não vai poupar ninguém
(2x)

(Nascer, crescer pra viver, entender que você nunca morre).
(Somos um mar num lugar de paz, cruzando a ponte quando a fumaça desfaz).

Composição: Marcos Vinicius de Moraes

______________________________­____

TAGS:

free music, download music, youtube music, youtube music video, sheet music, music lyrics, lyrics, music mp3 music, videos, letra música, letra da música, letra de música, musica, baixar música, músicas letras, letras música, letras de música ouvir, música, concurso 2013, música de rock, músicas de rock, banda de rock, pop rock, música pop, música pop rock, camp rock, pop rock recados, pop recados, super pop musicas, pop papel, pop, pop star, musica pop, radio pop, música crítica, estilo crítico, gabriel pensador, engenheiros, Whitney Houston, Gangnam Style, face, ask, Someone Like You, Dodge Ram, Paradise, Call Me Maybe, Protestos, Protests, manifestação, ogiganteacordou, acordabrasil, vemprarua, Boyfriend, Justin Bieber, Somebody that I Used to Know, Some Nights Fun, Wide Awake, Katy Perry, As Long As You Love Me, Payphone, remix, top songs, iPad 3, iPad Mini, Samsung Galaxy S3, Kindle Fire Nexus 7, Microsoft Surface, galaxy Note 2, Samsung Galaxy S2, iPhone 5, Nokia Lumia 900, cifraclub, cifras, acordes, notas musicais, Mudar o mundo, Como melhorar o mundo, mudar a vida, mudar de vida, paraíso, um mundo melhor
Read more
"Mas ninguém quer diferença, e na crença de que está bom como está."

Composição e Produção por Marcos Vinicius de Moraes.

______________________________­_________________

Nova Música 2013: Um Terceiro Tempo por Marcos Vinicius de Moraes.

______________________________­_________________


Notas:
1ª parte: Bm A E / G F#m E - 2ª parte: G D A Bm - Ref. Final: Cm Bb F

Letra:

Eu podia ver a fumaça que subia ao horizonte
Pensei, tentei olhar distante, em frente aquela ponte
Que cruzava da minha terra até meu verdadeiro lar.
Abusava da boa fé daqueles homens de além-mar.

A mudança muda, cega, e surda que ninguém quer escutar
O palco, o elo paralelo entre o público e o rei do lugar
Mas ninguém quer diferença, e na crença de que está bom como está
A temência ou a demência de não fugir pra luta ou querer mudar

Aos três tempos vou estar aqui com você
Não há lugar pra fugir, se esconder, é dar a cara a bater e vou seguir
A minha trilha é curva não vou ficar aqui
Porque o trem vem, de encontro ele vem, não vai poupar ninguém

Havia tido algum sentido pra ser parte do sistema, que envenena, aprisiona,
Corta draconianamente as asas de pobres almas pequenas
Que quase não possuem direito de sobreviver, ou menos se expressar
Há coisa mais triste do que a dor intensa que nem pode se manifestar?

Se o último bosque for exaurido, o velho tronco já caído como a própria casa que irá derrubar
Ou se todo o prédio já tiver ruído, e cada ser hostil vivido pela luta vil que nunca vai cessar
Dá-se a medalha aos profetas, esses falsos poetas que ditam o passado,
Em um tempo onde guerra é alento dos sofridos e um troféu àqueles líderes condecorados

Enquanto assiste um meio teatral
A vida corre lá fora, lá fora é vida real
Enquanto no segundo tempo ninguém marca o gol
O terceiro tempo do velho mundo acabou

Se há chances agora, embora eu não sei
Se existe algo essa hora que salve nosso rei
O jogo quase perdido, é cheque mate por vir
Mas nobre é o adversário, de empate permitir

Dera eu confiasse na consciência humana
Falaciosa, falsa, rude natureza estranha
Que feito uma árvore que parasita a si
E corrompe, interrompe a vida toda ali

Por motivos leves, torpes, nulos, greves, crises, guerras, muros
Dissemos pra arrancar os ramos do medo que nós cultivamos

Nunca é tarde pra aprender que é tarde demais
Tarde demais. (3x)

Aos três tempos vou estar aqui com você
Não há lugar pra fugir, se esconder, é dar a cara a bater e vou seguir
A minha trilha é curva não vou ficar aqui
Porque o trem vem, de encontro ele vem, não vai poupar ninguém
(2x)

(Nascer, crescer pra viver, entender que você nunca morre).
(Somos um mar num lugar de paz, cruzando a ponte quando a fumaça desfaz).

Composição: Marcos Vinicius de Moraes

______________________________­____

TAGS:

free music, download music, youtube music, youtube music video, sheet music, music lyrics, lyrics, music mp3 music, videos, letra música, letra da música, letra de música, musica, baixar música, músicas letras, letras música, letras de música ouvir, música, concurso 2013, música de rock, músicas de rock, banda de rock, pop rock, música pop, música pop rock, camp rock, pop rock recados, pop recados, super pop musicas, pop papel, pop, pop star, musica pop, radio pop, música crítica, estilo crítico, gabriel pensador, engenheiros, Whitney Houston, Gangnam Style, face, ask, Someone Like You, Dodge Ram, Paradise, Call Me Maybe, Protestos, Protests, manifestação, ogiganteacordou, acordabrasil, vemprarua, Boyfriend, Justin Bieber, Somebody that I Used to Know, Some Nights Fun, Wide Awake, Katy Perry, As Long As You Love Me, Payphone, remix, top songs, iPad 3, iPad Mini, Samsung Galaxy S3, Kindle Fire Nexus 7, Microsoft Surface, galaxy Note 2, Samsung Galaxy S2, iPhone 5, Nokia Lumia 900, cifraclub, cifras, acordes, notas musicais, Mudar o mundo, Como melhorar o mundo, mudar a vida, mudar de vida, paraíso, um mundo melhor Show less

Popular uploads Play

Loading...
Working...
Sign in to add this to Watch Later

Add to